sexta-feira, 10 de março de 2017

Brilho



Silenciei,um a um,
 todos os instrumentos.
Cortei as cordas
dos teclados,
apaguei as notas
da composição.

Nem ruído ou música,
apenas a insistente
voz do vazio
ecoando nas cavidades do nada.

Sei lustrar
os móveis muito bem.
O tampo do piano esmagando
as teclas
agora brilha no escuro.

)togo: Google imagens)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial