quinta-feira, 2 de março de 2017

Resenha


SOBRE A LEITURA

    O prefácio escrito por Marcel Proust intitulado  Sobre a Leitura acabou por ganhar autonomia,ou seja, tornou-se uma publicação com vida própria. No Brasil foi publicado pela editora L&PM e contém ainda um depoimento de Céleste Albaret ,a governanta de Proust durante os seus últimos dez anos de vida.
    O autor inicia evocando as leituras de infância e no seu estilo meticuloso,vai ampliando o alcance do tema, abordando a questão da leitura como uma forma de amizade:

   Na leitura a amizade é subitamente devolvida à sua pureza original . 

   Além desta ideia central, o famoso escritor defende a leitura como um modo de nos retirar da inércia espiritual e auxiliar aqueles que,de outro modo,não conseguiriam encontrar nenhum estímulo para buscar,por si mesmos,a verdade, a vivência espiritual.

    Enquanto a leitura for para nós a iniciadora cujas chaves mágicas abrem no fundo de nós mesmos  a porta de moradas em que não conseguiríamos  penetrar,seu papel em nossa vida será salutar.

   Além disso, comenta a respeito dos intelectuais, dos clássicos e,até mesmo,dos perigos que a leitura pode representar.
   O depoimento de Céleste  vem a seguir e reaviva em nós a admiração por Proust,bem como nos oferece uma visão de como ele viveu em reclusão,sofrendo com as crises de asma, seus caprichos e sofrimentos diante da saúde frágil.
    A única coisa que lamentamos é o fato de o livro ser tão pequeno.Ficamos com vontade de saber maiores detalhes.Mas isso podemos encontrar em sua pródiga obra Em Busca do Tempo Perdido, que é um dos monumentos da Literatura Universal.
   
 

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial