segunda-feira, 6 de março de 2017

Resenha



A ABADIA DE  NORTHANGER

   A Abadia de Northager foi o primeiro romance escrito por Jane Austen. Trata-se de uma paródia dos romances góticos que estavam tão em voga em sua época,especialmente Os Mistérios de Udolpho, de Ann Radcliffe.
   O texto é bastante crítico e cômico e os personagens por certo diferem muito dos estereótipos aos quais o leitor estava então acostumado. A heroína, Catherine Morland, não é espetacularmente dotada de beleza, talento ou inteligência. Um tanto ingênua,mas sincera e sem malícia, anseia por viver uma aventura repleta de mistérios e perigos. Ao contrário disso, sua vida tem poucos acontecimentos e todos eles muito comuns: quando enfim sai  do meio rural , consegue fazer  alguns passeios,ir a bailes e visitar amigas. Nada que qualquer outra jovem de sua idade não estivesse habituada a realizar.
   A sra. Allen,com quem ela convive em Bath é totalmente desprovida de cérebro. Sua única preocupação é com os vestidos. Não tem nenhuma opinião própria. O sr. Thorpe, o primeiro a interessar-se por ela, é um gabola que vive contando vantagens a respeito de seus feitos imaginários.Não passa,no entanto,de um interesseiro. A sua amiga Isabella é totalmente dissimulada e hipócrita,incapaz de um gesto verdadeiro,além de leviana. A autora não é nem um pouco condescendente com a hipocrisia social que soube observar e retratar tão bem.
    O único acontecimento extraordinário é quando recebe o convite para ir passar uma temporada na Abadia de Northanger,com a srta. Tilney,uma amiga verdadeira e seu irmão,por quem Catherine nutre amor sincero.
    Ansiando por imitar o livro de Ann Radcliffe, a protagonista vê na Abadia a possibilidade de entrar em contato com um ambiente obscuro e misterioso. Suas fantasias levam-na a criar situações imaginárias que logo são desmentidas uma a uma implacavelmente. Com isso, acaba por efetuar um processo de amadurecimento até compreender que a vida tem suas próprias exigências e é importante estarmos atentos a elas.
   Uma leitura agradável e divertida, que torna possível compreendermos a evolução da escrita de Jane Austen,que,com humor mais sofisticado,nos legou entre outros livros, sua obra-prima Orgulho e Preconceito. 
 

 

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial