terça-feira, 28 de março de 2017

Fruto-Furto


O fruto agoniza
no mar de mortos,
indícios
do que poderia ser
ou do que nunca será,
porta que abre
inutilmente.
Respiração
entre garras ofertando
o infértil,
vago estertor
de sementes em solo seco.
Furto.

(foto: Cleber Pacheco)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial