quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Autor convidado

Marcos Delgado Gontijo nasceu na cidade mineira de João Monlevade onde viveu até os 19 anos e conclui o ensino secundário. Mudou-se para Belo Horizonte onde cursou engenharia de minas pela Universidade Federal de Minas Gerais onde também fez curso de Mestrado na área. Após, foi trabalhar em empresas do seguimento mineral, tendo sido professor na UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais) e ingressado no Serviço Público Federal em 2010.

Atualmente mora em João Monlevade – MG. É casado e pai de dois filhos.

Sempre adepto a leitura, escreve desde os 15 anos. Porém, somente em 2013 resolve publicar seu primeiro livro: Milho de Grilo – um livro de recortes e recordações. Desde então, publicou: O Pormenor (2013), A Fala na Rouquidão (2014), Um Dia para Ter Meu Assovio (2016), A Oração do Fogo (2016) e Ventos Menineiros (2016). Também é autor de três e-book: O Amor em Laços de Lua, O Amor em Laços de Sol e Laços de Cipó. Atualmente está escrevendo o Livro Os Homens Búfalo, editado em capítulos.

Pedidos pelo site: https://clubedeautores.com.br


O coração apaixonado tem fome na espera
E sede na chegada;
Sente tristeza na sala e alegria na varanda
Sente tristeza no vento e alegria na chuva.

Quando nos lábios calam as palavras
Nos pensamentos desaparecerem as coerências.
Quando nos toques sedosos brotam calafrios
O sentimento derruba, esparrama.

É hora de abanar as labaredas da lareira
De desabotoar risos nos lábios
Franzir a testa em alegria
E fechar seus olhos úmidos.
Hora de andar tocado de sentimento
De sair a beber vento e comer sol.
Deitar sono em colo carinhoso
Deitar ombro aos abraços ao dia.

Quando o afeto fica forte como rochedo à beira-mar
É hora de levar o ramalhete
É hora de levar o corpo ralado ao almejado encontro
É hora de andar lonjuras, ficar pertinho;
Ir ao encontro do diamante azul, da vida valiosa.




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial