terça-feira, 23 de maio de 2017

Resenha



   Provavelmente o livro mais famoso de Cortázar seja  O Jogo da Amarelinha (Rayuela) por sua inovação e ousadia formal. Há quem aprecie Bestiário, do qual realmente não gosto,com exceção de .
um ou dois contos. O texto que mais gosto dele é uma pequena história intitulada El Perseguidor.
   Nele o autor conta a história de um saxofonista que toca jazz. Em seus momentos mais inspirados de improvisação ele persegue o inexprimível, o imponderável, Por meio da criatividade, tenta alcançar algo indefinível, que possa atingir e alcançar, mesmo que por um breve instante, aquilo que não podemos conceituar,ou ao menos aguçar nossa percepção da vida e do mundo ao nosso redor.
   O trecho a seguir é extremamento significativo:
 
   En realidad las cosas verdaderamente difíceles son otras tan distintas,todo que la gente cree poder hacer a cada momento.Mirar,por ejemplo,o comprender a un perro o a un gato. Ésas son las dificultades,las grandes dificultades.

   Por sua simplicidade narrativa e pela capacidade de provocar a reflexão e inquietar,este é,sem dúvida, um dos melhores momentos do escritor,mais conhecido pelo aspecto surreal ou de realismo mágico dos seus textos.
,,
   

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial