segunda-feira, 1 de maio de 2017

Poema



Para além de tudo,silêncio e verve.
Reposição de circunferências, o concêntrico, a repetição do concêntrico,ênfase.
Para além do repetido, a fluência do único.
Vertigem.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial