sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Poema: AROMA

O instante desmemoria
as palavras.

A amnésia
repõe
o sumo.

O poema
é o extrato
dos alfabetos.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial