quarta-feira, 26 de março de 2014

METAMORFOSES - Parte V

Com uma vaga percepção dos acontecimentos, Sonam estava disposto a entrar em ação.
Diziam que uma besta rondava a aldeia e estava matando os homens,enlouquecendo as mulheres,embora ninguém a tivesse visto de fato.Nenhum indício concreto da existência de tal criatura havia.Apenas as consequências dos ataques .O que era suficiente para horrorizar a todos.
Por um estarrecedor impulso, surpreendendo até a si mesmo, Sonam declarou diante dos mnoradores estar disposta a penetrar a floresta em busca do monstro.Iria matá-lo e exterminar o problema de uma vez por todas,libertando-os e salvando-os daquela assustadora ameaça.
Nenhum homem acreditou. Criticaram-no,falando tratar-se de um caso de pura e simples gabolice.
Mais aflitas ficaram as mulheres,agravando as crises e os espasmos que as consumiam.Tinham receio de perder a visão daquele súbito deus engendrado no desconhecido,fascinadas pela hipnose da sua beleza e da perfeição.Nunca antes haviam contemplado nem nunca depois contemplariam alguém semelhante.Impossível seria superar a existência de tão improvável milagre.
Decidido,Sonam começou os preparativos. Não permitiria nenhuma interferência,nenhum acompanhante.
Resistências não aconteceram.
Sozinho,partiu.

(continua)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial