sábado, 1 de agosto de 2015

Criatura

Tudo quanto vive,
vive sem aviso,
no inencontrado
descobre seu juízo
e no entanto sabe
 quanto é impreciso,
ainda que seu ventre
tenha sido inciso
para desvendar-se
espelho e Narciso.

( pintura:  Salvador Dali)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial