sábado, 24 de dezembro de 2016

Natal

Nasce menino
desafiando o sublime
em Luz e Graça,
menino poeta
tecendo parábolas
na surdez do mundo,
menino encantado
na aridez dos desencantos.
Nasce,menino,nasce
desfiando o tecido
da treva,trazendo
contigo a túnica
do Inefável.

(foto: presépio brasileiro do século XVIII- Google imagens)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial