terça-feira, 25 de outubro de 2016

Fadiga

Sem corpo e sem palavras,
consumição
de extremos e do meio,
forja de matéria e energia
a decompor-se
 no âmbito do íntimo,
miséria.

Desgaste
de tudo em tanto
que se indispõe no limite
dos istmos.Recrudescer.

Modos da morte
de se esquecer de si mesma
enquanto acontecimento.

(foto: Google imagens)



0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial