quinta-feira, 21 de abril de 2016

TRAVESSIA

Façamos a travessia
do espelho das águas
restaurando
 a anatomia dos fluidos
em rigor e desalinho.

 Despossuídos e plenos
sejamos
aqueles que partem
para as alentadoras
rotas do desamparo.

Aceitemos o fluxo
na entrega dos ritmos
atentos ao âmago
daquilo que é límpido.

(foto: Google imagens)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial