quarta-feira, 13 de maio de 2015

Arte de Amar

Nem o amante
ou o amado,
o amável.

Nem o silente
ou o sino,
o dobrado.

Nem o redundante
ou a ausência,
o presente.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial