sábado, 10 de janeiro de 2015

Bandeiras Pálidas de Michael Ondaatje

   Indo até o sebo,encontrei três ou quatro títulos do autor Michael Ondaatje e optei por Bandeiras Pálidas  ( Anil's Ghost) . Primeiro porque já conhecia  o seu romance O Paciente Inglês,que é ótimo E depois porque o romance faz um relato a respeito dos conflitos do Sri Lanka,país pouco conhecido entre nós ocidentais.
   Fiz uma escolha muito acertada.O livro é excelente.Os personagens desenvolvidos pelo autor são fascinantes, profundos,multifacetados,complexos. Não há maniqueísmo nem um tratamento ingênuo ou padronizado. Todos eles atraem o leitor,fazem pensar,provocam a imaginação e a reflexão.Ficamos querendo saber mais,queremos ler mais.Eles despertam o interesse de um modo irremediável.Não há como evitar isso.
   A linguagem é simples e clara,o que é muito bom porque evita a pieguice,o sentimentalismo, o melodrama. A situação já é difícil por si só,não necessita de exageros .
    A personagem central Anil é uma paleontóloga forense  e, com o auxílio do seu assistente  Sarath ou do estudioso Palipana,entre outros, retorna ao seu país natal como voluntária para investigar as mortes provocadas por uma guerra insana,como aliás são todas as guerras. Esta investigação nos remete a uma busca pela identidade pessoal e coletiva,assim como a uma reflexão a respeito da nossa existência e da condição humana. À  medida que o esqueleto do Marinheiro vai sendo identificado e sua vida vai sendo aos poucos desvendada, vamos também conhecendo o passado dos personagens,os problemas do Sri Lanka,os conflitos que fazem parte do nosso mundo dito civilizado.Trata-se de um verdadeiro mergulho na humanidade e os inusitados caminhos que ela trilha neste planeta.
   A narrativa envolve,emociona surpreende  e possui trechos extraordinários que nos fazem querer mais,desejando que o livro se estenda e a história continue indefinidamente.
   O final do romance é muito marcante e um dos pontos altos do livro.
   Michael Ondaatje é,sem dúvida,um escritor de grande talento. E sua obra é digna de admiração.
   Quero ler mais livros dele.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial