terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Esquecimento


Esqueci os sons das palavras,
como consultar os dicionários,
os nomes das borboletas.

Hoje vigoram os ruídos,
 os mergulhos dos afogados,
a estridência dos espectros.

Será preciso reconstituir
a ingenuidade da ortografia,
os resquícios dos pergaminhos,
a criação do alfabeto.

Só então poderei nomear
as flores fecundadas no silêncio.

(imagem: Google)


 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial