sábado, 6 de fevereiro de 2016

Arcabouço

De água e pedra
se nutre o vivo,
no assimétrico
também se sustenta.

Nem sempre o tempo
rumina a folha,
às vezes  o ocaso
não recusa a manhã.

 Pedra e água
reparam o vivo
com pétalas mudas
de desamparo.

( foto: Cleber Pacheco)


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial