quinta-feira, 29 de maio de 2014

MORTE

A morte visita
meus pés
e desenha pegadas
na terra.

A morte visita
minhas mãos
e esculpe
os esboços  da água.

A morte visita
meus olhos
e constrói
os contornos do ar.

Quando a morte visita
meu coração,
inventa
as artes do fogo.


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial