segunda-feira, 14 de abril de 2014

MISTÉRIO

O monge acende
a lâmpada noturna.

Nenhuma mariposa
quebra
o silêncio.

A chama
perturba
o nada.

Halo de asas.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial