sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Da Série SONHOS


No monastério,

o monge copista

executa iluminuras

concentradamente.

É hábil nas formas,cores,

conhece todos os símbolos.

Ao dormir,sonha

com um livro

sem capa,sem folhas,
sem palavras,sem título.

No dia seguinte,

tenta reproduzi-lo fielmente

e solicita as tintas.

Sabe que o impossível

é obra inédita.

1 Comentários:

Blogger Ádlei Duarte de Carvalho disse...

Pqp!

Espetacular!

Abraço.

28 de novembro de 2010 06:01  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial